Visita

Sintra, Vila cheia de mistério e romantismo visitaremos o Palácio Nacional de Sintra, antiga residência árabe que sofreu varias alterações, conforme as necessidades dos soberanos, desde 1281 com o rei D. Dinis, iremos visitar a linda Quinta da Regaleira, monumento cheio de simbologia de carácter templário-maçónico, e com a tradição mítica portuguesa de algum modo esotérica. Visitaremos o Palácio Nacional da Pena, grande obra do romantismo neste estilo na Europa oitocentista.

Visita ao Cabo da Roca, o ponto mais ocidental da Europa, com o seu farol de 1772, e Boca do inferno, com as suas grandes grutas escavadas pelo mar. A bonita vila de Cascais que no seu inicio era uma vila de pescadores, e em 1870, o rei D. Luís I e a família real começam a passar aqui as férias reais.

Um tour privado, personalizado para você, sua família, ou seus amigos, com um condutor profissional certificado pelo Turismo de Portugal I.P.

Para mais contactos e informações, por favor contacte-nos.

Gastronomia

Sintra é uma cidade de um património com imensa história, os aspectos gastronómicos também apresentam muita história e têm um forte valor tradicional, sendo os pratos mais tradicionais da região:

Carne: Vitela à Sintrense e Leitão de Negrais; Peixe: Migas à pescador e Açorda de Bacalhau e; Doces: Travesseiros de Sintra, Queijadas de Sintra.

A acompanhar qualquer refeição, é indispensável o vinho de Colares, com a famosa casta Ramisco, um dos primeiros da carta de vinhos de Portugal.

Quanto ao Cao da Roca e Cascais, a proximidade do mar e o clima ameno, aliam-se à tradição gastronómica, conferindo à região uma oferta marcante e variada, à base de peixes e mariscos.

Entre os pratos mais populares da região, encontra-se o robalo, o sargo ou o inigualável linguado de Cascais, bem frescos e acompanhados dos melhores ingredientes. O mar oferece naturalmente muito mais. Aguce o apetite com camarão, sapateira, percebes, lagostins ou lagosta, preparados aqui de forma única e tradicional.

Quanto aos vinhos, a qualidade dos melhores tintos portugueses é reconhecida internacionalmente. Na região é produzido o requintado vinho digestivo de Carcavelos. Trata-se de um vinho licoroso, produzido em Região Demarcada (VLQPRD), de cor topázio, aveludado e com um aroma amendoado.

Para terminar a refeição não se esqueça de provar um dos doces tradicionais: os Travesseiros, as famosas Queijadas de Sintra e as Areias de Cascais. A doçaria portuguesa elaborada à base de ovos, é única na Europa, e provavelmente no mundo.

 

Festividades

Desta visita, destacam-se as Festas do Mar em Cascais, festividade associada igualmente ao culto religioso mas que se tornou tão vasta que nos dias de hoje é sinónimo de romaria aos amantes de artes e cultura. Os concertos tornaram-se atualmente o prato forte destas festas, com a presença habitual de bandas e artistas nacionais, assim como artistas locais.

As festas decorrem na Baía de Cascais, um belo local onde as noites são mágicas e apaixonantes.

Apelidado do único festival de verão gratuito em Portugal, que decorre sempre no mês de Agosto, como sempre, o tradicional fogo-de-artifício na Baía de Cascais dão por encerradas as Festas do Mar. 

O Casino do Estoril ali tão próximo é também um centro de espectáculo que oferece ao visitante a possibilidade dos jogos de casino, gastronomia, espectáculos de dança, música e teatro.

Destaque ainda para o Lumina Cascais, um espectáculo deslumbrantes jogos de luz, cor, som e movimento.

Sintra e Cascais têm igualmente durante o ano as tradicionais festas populares e de artesanato nas respetivas localidades. 

Informações